Teb Manutenção e Facilities

7 principais indicadores de manutenção industrial

Postgens Recentes

Principais indicadores de manutenção industrial

Aumente sua capacidade de produção com os indicadores de manutenção industrial que selecionamos para você

A manutenção industrial desempenha um papel crucial na garantia da operação eficiente e contínua de equipamentos e máquinas em um ambiente de produção. Para monitorar e melhorar a eficácia dos processos de manutenção, os profissionais da indústria confiam em uma série de indicadores-chave

Conheça alguns dos principais indicadores de manutenção industrial que desempenham um papel vital na otimização da eficiência operacional.

 

1. Taxa de disponibilidade

A taxa de disponibilidade é um indicador fundamental que mede o tempo em que um equipamento ou máquina está disponível para operação, em comparação com o tempo total. É calculada pela fórmula:

Taxa de Disponibilidade = (Tempo de Operação / Tempo Total) * 100

Este indicador fornece insights valiosos sobre a eficiência geral do equipamento e a capacidade da equipe de manutenção de restaurar rapidamente a funcionalidade após uma falha.

 

2. Tempo médio entre falhas (MTBF)

O MTBF é um indicador que mede o tempo médio decorrido entre falhas em um equipamento. Quanto maior o MTBF, mais confiável é o equipamento. O cálculo do MTBF é feito da seguinte forma:

MTBF = (Tempo Total de Operação / Número de Falhas)

Ao analisar o MTBF, as equipes de manutenção podem prever falhas futuras e planejar manutenções preventivas de forma mais eficaz.

 

3. Tempo médio de reparo (MTTR)

O MTTR é a medida do tempo médio necessário para reparar uma falha e restaurar o equipamento à operação normal. O cálculo é simples:

MTTR = (Tempo Total de Parada / Número de Reparos)

Minimizar o MTTR é crucial para reduzir o impacto de falhas e interrupções nas operações industriais.

 

4. Taxa de falhas por período (FRP)

A FRP rastreia o número de falhas em um determinado período. Isso ajuda a identificar tendências e padrões de falhas, permitindo que as equipes de manutenção implementem melhorias e estratégias de manutenção corretivas.

 

5. OEE — eficiência global do equipamento

O OEE é um indicador abrangente que considera três fatores: disponibilidade, desempenho e qualidade. A fórmula para calcular o OEE é:

OEE = Disponibilidade x Desempenho x Qualidade

Esse indicador fornece uma visão completa da eficiência operacional e pode ajudar a identificar áreas específicas que precisam de melhorias.

 

6. Custo de manutenção como percentagem da receita

Este indicador relaciona os custos de manutenção com a receita total da empresa:

Custo de Manutenção como Percentagem da Receita = (Custo Total de Manutenção / Receita Total) * 100

Manter esse indicador sob controle é essencial para garantir a rentabilidade e a saúde financeira da empresa.

 

7. Índice de confiabilidade

O índice de confiabilidade mede a probabilidade de que um sistema ou equipamento execute sua função sem falhas durante um determinado período. É um indicador crucial para prever a capacidade de produção e evitar interrupções não planejadas.

Os indicadores de manutenção industrial desempenham um papel fundamental na otimização da eficiência operacional e na minimização de interrupções indesejadas. Ao monitorar e analisar cuidadosamente esses sete indicadores principais, as equipes de manutenção podem tomar decisões mais informadas e implementar estratégias mais eficazes para garantir o funcionamento contínuo e confiável das operações industriais. 

A combinação certa de manutenção preventiva e preditiva, junto à análise precisa desses indicadores, pode resultar em ganhos significativos em termos de produtividade, qualidade e rentabilidade. Entenda o momento correto para realizar a manutenção preditiva e preventiva.

Compartilhe com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *